Candidato democrata Barack Obama chega ao Iraque

Democrata se reunirá com altos dirigentes iraquianos, dentre eles o primeiro-ministro Nouri al-Maliki

Efe,

21 de julho de 2008 | 03h42

O candidato presidencial democrata, Barack Obama, chegou nesta segunda-feira, 21, a Bagdá. Ele se reunirá com dirigentes iraquianos para abordar, entre outras coisas, a possibilidade de retirar as tropas americanas do país em 16 meses, caso ganhe as eleições.   Acompanhe a cobertura completa das eleições nos EUA   Segundo informou à Efe o porta-voz das forças americanas, Abdelatif Rayan, Obama também se reunirá com os principais oficiais do país no Iraque.   Segundo Rayan, Obama chegou esta manhã a Bagdá e se dirigiu imediatamente à Embaixada dos Estados Unidos, localizada na chamada "zona verde", uma área de segurança máxima situada no centro da capital iraquiana. A visita, acrescentou, deve ter apenas algumas horas de duração.   Uma fonte da Embaixada dos EUA informou que, após ser recebido na legação, Obama se reunirá com altos dirigentes iraquianos, dentre os quais deve estar o primeiro-ministro Nouri al-Maliki, e com oficiais americanos.   Trata-se da terceira etapa da viagem do candidato democrata, na qual já passou por Afeganistão e Kuwait.   Esta é a segunda visita de Obama ao Iraque, país no qual já esteve em 2006, junto a uma delegação do Senado dos EUA.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueBarack Obamaeleições nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.