Colin Powell não descarta apoio a Obama

Ex-secretário de Estado dos EUA diz que o fato ser republicano não o obriga a votar em John McCain

Ansa,

13 de junho de 2008 | 16h56

O ex-secretário do Estado americano Colin Powell, um dos dirigentes republicanos mais respeitados nos Estados Unidos, deixou em aberto a possibilidade de apoiar a candidatura do democrata Barack Obama à presidente do país. Em declarações feitas no Canadá, Powell, que participou do primeiro governo de George W. Bush, disse que o fato de ser republicano não o obriga a "votar automaticamente" pelo candidato de seu partido para as eleições presidenciais de novembro, o senador John McCain.   Veja também: Obama tem 6 pontos de vantagem sobre McCain, diz pesquisa 'Martin Luther King votaria em Obama', diz biógrafo Obama x McCain  Conheça a trajetória dos candidatos Cobertura completa das eleições nos EUA    "Votarei na pessoa que eu acredito que irá trazer o melhor grupo de ferramentas para afrontar os problemas do século XXI para os Estados Unidos e o mundo, nada mais do que não seja a sua qualificação como candidato", disse Powell em comentários divulgados nesta sexta-feira, 13, pelo jornal canadense Globe and Mail.   Powell, que é negro como Obama, foi apontado em um momento anterior como possível companheiro de chapa do senador democrata. "McCain e Obama certamente possuem as qualificações necessárias para ser presidente, mas não pode ser os dois", completou.

Mais conteúdo sobre:
eleições nos EUABarack Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.