Começa a cerimônia de posse de Barack Obama; acompanhe

Mais de 1 milhão de pessoas acompanham o juramento do 44.º presidente dos Estados Unidos da América

20 de janeiro de 2009 | 14h44

WASHINGTON - Começou por volta das 14h40 a cerimônia de posse de Barack Obama como o 44.º presidente dos Estados Unidos. A senadora pelo Estado da Califórnia, Dianne Feinstein, foi a responsável pela abertura do evento. Mais de 1 milhão de pessoas estão em Washington para acompanhar o juramento de Obama. Acompanhe também a transmissão no site oficial do comitê da cerimônia de posse

 

14H42: o vice-presidente eleito Joe Biden é apresentado

 

14h44: O presidente eleito dos EUA, Barack Obama, chegou ao Capitólio e foi apresentado ao público, que o aplaudiu efusivamente. Ele foi apresentado pelo locutor como Barack H. Obama.

 

14H45: 'Bem vindos à posse. O mundo assiste à nossa grande democracia fazer nossa transição pacífica. É outro episódio grandioso da nossa história', diz a porta voz da cerimônia.

 

14h48: O reverendo Rick Warren conduz a cerimônia religiosa que precede a posse. A indicação dele provocou a revolta de setores liberais por suas críticas aos homossexuais.

 

"Tudo que vemos existe por sua causa, Deus. Tudo existe para sua glória", disse. "Estamos muito gratos por viver numa terra onde o filho de um imigrante africano chega ao poder. Doutor King deve estar gritando no céu"

 

14:53: Warren reza o pai-nosso

14:54: Aretha Franklin, lenda da soul music, canta 'My Country tis of thee" e emociona o público

 

14:57: Biden faz o juramento do cargo de vice-presidente

15:00: Quarteto de cordas toca composição especialmente feita para o evento

 

15:05: Todos se levantam para o juramento de Obama

 

15:06: Obama usa seu nome árabe do meio, conforme o prometido: "I, Barack Hussein Obama.." Após o breve juramento, Obama ouve pela primeira vez o hino dos presidentes 'Hail to the chief'. Ele é efusivamente aplaudido, e é apresentado formalmente como 44º presidente dos Estados Unidos

 

15:07: Começa o discurso de Obama. "44 americanos já passaram por aqui. O país avaçou porque nós, o povo, nos mantivemos fiéis aos princípios de nossos fundadores"

 

15:08: "Há um medo de que a América comece a declinar. Mas nossos desafios serão enfrentados. Escolhemos a esperança sobre o medo"

 

15:12: "Por nós, nossos ancestrais atravessaram o oceano, lutaram e sacrificaram para que vivamos melhor. A América é melhor do que ambições individuais"

 

15:14: "Para onde olhamos, há trabalho a fazer'. Obama promete reformar a infra-estrutura do país, com investimentos em alta tecnologia e energia limpa, em uma menção a seu projeto para tirar a economia .

 

15:15: 'A discussão não é se o governo é grande ou pequeno, mas se ele funciona ou não"

 

15:17: 'Estamos prontos a conduzir uma vez mais'

 

15:18: "Enfrentamos o facismo e o comunismo com alianças. Só o poder não nos protege. A segurança é forjada na força de nossas ideias".

 

15:19: "Devemos buscar novo relacionamento com o mundo islâmico baseado na confiança mútua."

 

"Àqueles líderes mundiais que buscam o conflito, ou culpam o Ocidente pelos problemas de sua sociedade, e silenciam dissidentes, saibam que seu povo irá julgá-lo pelo que você constroem, não pelo que destroem."

 

Àqueles que buscam o poder pela corrupção e silenciam dissidentes, saibam que estão na contramão da história. Mas iremos lhe estender a mão se vocês recolherem o punho"

 

15:23: "Um homem cujo pai 60 anos atrás não podia entrar em um restaurante, está aqui hoje diante de vocês"

 

15:27: Acaba o discurso. Obama é saudado aos gritos de 'Yes, we can' (Sim, nós somos capazes).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.