Democratas que vivem no exterior poderão votar pela web

Norte-americanos também poderão votar por fax, e-mail ou pessoalmente em postos em mais de cem países

Associated Press,

21 de janeiro de 2008 | 10h04

Esse ano, pela primeira vez, expatriados democratas poderão votar pela internet nas primárias presidenciais dos EUA. Além da web, os democratas que estiverem fora do país vão poder votar por fax, e-mail ou ainda pessoalmente em postos localizados em mais de cem países. A votação será realizada entre 5 e 12 de fevereiro e ajudará a escolher o candidato do partido Democrata que concorrerá à presidência dos EUA.   No processo tradicional, a pessoa era obrigada a preencher formulários, cumprir prazos menores e contar com um serviço de correio falível. "O sistema online é incrivelmente seguro, esse foi um dos nossos maiores méritos", disse Lindsey Reynolds, diretor executivo dos Democrats Abroad .   As pessoas que quiserem votar pela internet devem se inscrever nos Democrats Abroad antes de 1º de fevereiro e indicar sua preferência pelo voto online. Os membros ganharão um número de identificação pessoal, que será usado para entrar no site e votar.   Cerca de 6 milhões de norte-americanos vivem no exterior e estão aptos a votar nas eleições presidenciais, mas apenas uma parcela exerce esse direito.  

Tudo o que sabemos sobre:
EUAVoto online

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.