Depois de Hillary, Bill Clinton declara apoio a Barack Obama

Ex-presidente americano diz que candidato democrata está pronto 'para restaurar a liderança da América'

Da Redação, com agências internacionais,

27 de agosto de 2008 | 22h20

O ex-presidente americano Bill Clinton discursou nesta quarta-feira, 27, no terceiro dia da Convenção Democrata em Denver. "Temos um trabalho importante nesta noite. Estou aqui em primeiro lugar para apoiar Barack Obama. Em segundo, para preparar a multidão para Joe Biden (vice-candidato democrata, que discursará mais tarde)", declarou Clinton, muito aplaudido pelo público, que incluía sua mulher, a senadora Hillary, e a esposa de Obama, Michelle. "Amigos democratas, eu digo a vocês: Barack Obama está pronto para liderar e restaurar a liderança da América", continuou.   Veja também: Democratas oficializam candidatura de Obama Hillary libera delegados para votarem em Obama Galeria de fotos da Convenção  Obama x McCain Conheça a trajetória dos candidatos Cobertura completa das eleições nos EUA    Foto: AP   "Hillary nos disse claramente que fará tudo o que puder para que Obama seja eleito. Eu também", acrescentou o ex-presidente, em sua primeira manifestação pública a favor do candidato democrata. "Obama está pronto para defender a Constituição e ser presidente dos Estados Unidos. O candidato democrata "tem uma notável habilidade de inspirar as pessoas", continuou Bill Clinton em seu pronunciamento, muito aguardado pelos democratas, já que no passado ele criticava Obama.   Clinton comparou a candidatura do senador por Illinois com a sua, em 1992, quando "os republicanos diziam que eu era muito jovem e inexperiente para ser comandante-em-chefe. Parece familiar? Isso não funcionou em 1992, porque estávamos do lado certo da história". "Também não funcionará em 2008, porque Barack Obama está do lado certo", destacou o ex-presidente.   Lembrando da época das primárias, onde Hillary concorreu com Obama pela indicação presidencial da legenda, Clinton afirmou que "no final, meu candidato não ganhou. Mas eu tenho orgulho de sua campanha: ela nunca desistiu das mudanças que impulsionou, do futuro que ela queria para nossas crianças."   "Tudo que eu aprendi nos oito anos como presidente e no trabalho que eu realizei desde então, na América e ao redor do mundo, me convenceu que Barack Obama é o homem para esse cargo", anunciou o ex-presidente, ovacionado pelo público, que repetia o slogan da candidatura de Obama, "sim, nós podemos."   Nesta quarta-feira os democratas nomearam oficialmente Barack Obama como candidato presidencial do partido. Na quinta, ele deve receber a indicação em um estádio em Denver, diante de 75 mil pessoas.  

Tudo o que sabemos sobre:
Barack Obamaeleições nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.