John Leyba/The Denver Post via AP
John Leyba/The Denver Post via AP

Três pessoas morrem em tiroteio no Colorado, nos EUA

Caso ocorreu em uma loja da rede de supermercados Walmart; causa ainda não foi esclarecida

O Estado de S.Paulo

02 Novembro 2017 | 00h48
Atualizado 02 Novembro 2017 | 18h46

THORNTON - Investigações policiais na cidade de Thornton, no Estado do Colorado, nos Estados Unidos, continuam, nesta quinta-feira, 2. Três pessoas morreram em um tiroteio na noite de quarta-feira, 1º. Segundo a polícia local, o atirador conseguiu atingir várias pessoas, sendo apenas um deles transferido para um hospital, onde não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. 

O caso aconteceu em uma loja da rede de supermercados Walmart, cujas circunstâncias e envolvidos ainda não foram informados pelos policiais.  Um porta-voz da corporação, Victor Avila, disse que um homem entrou "indiferentemente" no estabelecimento e disparou contra um grupo de pessoas e logo fugiu dentro de um carro.

A confirmação pela polícia demorou a ser  feita. No Twitter, a informação foi dada por volta das 18h30 no horário local (22h30 em Brasília), depois de 90 minutos do início do tiroteio. O departamento de polícia do município ordenou que as pessoas mantivessem distância da área. Cerca de uma hora depois, após o final do tiroteio, testemunhas que estavam na região afirmaram ter ouvido os disparos. 

Um cliente que estava no local, Aaron Stephens, disse à agência de notícias Reuters que ouviu o barulho enquanto estava no caixa de auto-atendimento pagando por produtos da sessão de doce.  Ele, que não viu de onde vinham os tiros, contou que tanto clientes quanto funcionários começaram a gritar. Outra testemunha contou ter ouvido pelo menos 30 disparos. 

"Este é um ato muito hediondo", disse Avila. "Ainda não sabemos o motivo da ação". Até o momento ninguém foi preso. /AFP e REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.