Em transição, Bush e Obama destacam o trabalho em equipe

Comunicado da equipe do senador democrata diz que encontro na Casa Branca foi 'produtivo e amistoso'

Efe,

10 de novembro de 2008 | 21h45

  O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, e o líder eleito Barack Obama falaram nesta segunda-feira, 10, sobre a importância de trabalhar juntos durante a transição frente aos grandes desafios enfrentados pelo país, informou a equipe do senador democrata. Obama, que venceu as eleições presidenciais dos Estados Unidos na última terça-feira, foi à Casa Branca a convite de Bush, em uma visita que durou duras horas.  Bush e Obama se encontram na Casa Branca com suas mulheres, Laura e Michelle. Foto: Reuters Veja também: Governo Bush atinge rejeição recorde de 76% Democrata será melhor que o republicano, diz Nobel Obama deve anular 200 ordens executivas de BushPrincipais desafios de ObamaNomes cotados para o gabinete de ObamaEx-embaixador Rubens Barbosa fala sobre os EUA de Obama De George Washington a Barack Obama, veja perfil de todos os presidentes  Quem são os eleitores de Obama   Trajetória de Obama  Cobertura completa das eleições nos EUA O presidente eleito levou a esposa, Michelle. Os dois receberam uma acolhida "muito, muito calorosa" por parte de Bush e de sua esposa, Laura, afirmou em comunicado Stephanie Cutter, porta-voz da equipe de transição de Obama. Na primeira hora, Obama e Bush se reuniram no Salão Oval da residência oficial, onde mantiveram um encontro "produtivo e amistoso", segundo Cutter. "Tiveram uma discussão ampla sobre a importância de trabalhar juntos durante a transição em vista dos muitos desafios críticos" no terreno econômico e de segurança enfrentados pelo país, destaca o comunicado. Michelle Obama, por sua parte, manteve um breve encontro privado com Laura Bush, com quem, em seguida, percorreu as dependências da residência oficial. Após o encontro, as duas falaram sobre como criar filhos na Casa Branca. Os Obama têm duas meninas pequenas, Malia e Sasha, de dez e sete anos, respectivamente, que ficaram hoje em Chicago porque tinham aulas. "(Michelle) Obama se sentiu honrada ao conhecer a primeira-dama (Laura Bush), que foi uma amável anfitriã", diz o comunicado.

Tudo o que sabemos sobre:
Barack ObamaGeorge W. Bush

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.