Em um dia, Obama gasta US$ 3,3 milhões para atrair indecisos

Se manter o ritmo, democrata gastará US$ 90 mi até as eleições; valor supera toda veba da campanha de McCain

Agência Estado e Associated Press,

09 de outubro de 2008 | 15h36

O candidato democrata à Presidência americana, Barack Obama, leva vantagem sobre o republicano John McCain não apenas nas pesquisas de intenção de voto. O democrata também está gastando muito mais que o rival na corrida pela Casa Branca. Somente na segunda-feira, Obama gastou US$ 3,3 milhões na campanha, de olho no voto dos indecisos e nos Estados cruciais para a corrida eleitoral.   Veja também: Madonna veta Sarah Palin em show Democratas podem ampliar maioria no Congresso Milhares de eleitores são impedidos de se registrar nos EUA Obama x McCain  Entenda o processo eleitoral   Cobertura completa das eleições nos EUA   Mantendo esse ritmo, o democrata gastaria mais de US$ 90 milhões em anúncios até as eleições de 4 de novembro. O valor é maior que todo o dinheiro que o republicano tem para sua campanha. No mesmo dia, McCain gastou US$ 900 mil em publicidade, e o Comitê Nacional Republicano, outros US$ 700 mil.   Obama leva vantagem nas intenções de voto em Estados cruciais. Na última pesquisa do Instituto Gallup, divulgada na quarta-feira, ele aparecia com 11 pontos percentuais de vantagem sobre McCain (52% a 41%). A diferença é a maior desde o início das pesquisas desse instituto da atual corrida eleitoral.   Os dois também buscam explorar as fraquezas do rival. Os anúncios democratas têm batido na tecla da economia, em meio à crise no sistema financeiro. McCain já reconheceu anteriormente que o assunto não é o seu forte. Já o republicano levantava dúvidas sobre o passado e o caráter de Obama, o que a campanha do rival chama de golpes baixos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.