Mariscal / Pool via REUTERS
Mariscal / Pool via REUTERS

EUA utilizarão base militar na Espanha para receber refugiados afegãos

Um avião que transportava 110 refugiados afegãos e suas famílias chegou a um centro da União Europeia baseado na Espanha em uma base militar fora de Madri na noite de sábado

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2021 | 04h41

O presidente dos Estados Unidos Joe Biden e o primeiro-ministro espanhol Pedro Sanchez concordaram que duas bases militares no sul da Espanha podem ser usadas para receber afegãos que trabalharam para o governo norte-americano.

Em uma conversa telefônica de 25 minutos na noite deste sábado, 21, Biden e Sanchez concordaram que Moron de la Frontera perto de Sevilha e Rota perto de Cádiz podem ser usados ​​para refugiados do Afeganistão até que sua viagem para outros países seja combinada.

"Acabo de ter uma conversa significativa com o presidente Joe Biden, na qual abordamos vários tópicos de interesse comum, particularmente a situação no Afeganistão e a colaboração entre nossos governos na evacuação de cidadãos desse país”, escreveu Sanchez em seu perfil no Twitter.

Um avião que transportava 110 refugiados afegãos e suas famílias chegou a um centro da União Europeia baseado na Espanha em uma base militar fora de Madri na noite de sábado, incluindo 36 pessoas que trabalharam para a administração dos EUA no Afeganistão.

A base está sendo usada para hospedar refugiados afegãos que trabalharam com a União Europeia e suas famílias, que depois se mudarão para outros países da UE. / Com informações da Reuters.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.