Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Ex-amante diz que leiloará fitas de conversas com Bill Clinton

Jennifer Flowers afirma que não pretende fazer mal a Hillary, que já a pré-candidata "se prejudica sozinha"

Efe,

27 de fevereiro de 2008 | 08h30

Jennifer Flowers, a cantora de cabaré que manteve uma relação extraconjugal com o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, anunciou que leiloará as fitas com as conversas gravadas de seu ex-amante, segundo informaram nesta quarta-feira, 27, vários veículos de comunicação americanos.   Veja também: Obama e Hillary se acusam em debate na televisão Confira a disputa em cada Estado Conheça a trajetória dos candidatos Cobertura completa das eleições nos EUA    Flowers, a primeira mulher que anunciou ter mantido uma relação com Clinton, não colocou preço nas fitas com as conversas telefônicas que gravou secretamente com o então governador de Arkansas, que serão leiloadas em bloco.   Ela admitiu recentemente que no início dos anos 1990 um colecionador japonês chegou a lhe oferecer US$ 5 milhões pelas fitas, mas, na época, rejeitou a oferta.   Agora, Flowers - que chegou a colocar em risco a campanha presidencial do então candidato - escolheu o momento ideal para voltar a primeiro plano, em plena pré-campanha eleitoral, na qual concorre Hillary Clinton.   "Não preciso fazer mal a Hillary. Ela já está fazendo isso bastante bem, ajudada pelo idiota de seu marido", disse Flowers ao Las Vegas Review Journal. "O carma é uma coisa muito interessante. Se estes dois não forem eleitos, e são uma equipe, então o carma voltará a visitá-los. É questão de tempo", disse a ex-cantora, de 58 anos, que mora em Las Vegas.   Flowers reconheceu à imprensa que manteve as fitas bem guardadas durante todos estes anos, apesar de recentemente terem recebido um interesse renovado, e por isso pensou: "Por que não colocá-las à venda?". "Certamente desfrutarei do dinheiro para minha segurança futura. Não sei o que pode acontecer de agora em diante", acrescentou.   Flowers considera ainda escrever um novo livro sobre sua relação de doze anos com Bill Clinton, reconheceu em comunicado seu agente, Bruce Merrin.

Tudo o que sabemos sobre:
Bill ClintonHillary Clinton

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.