Alex Brandon/AP Photo
Alex Brandon/AP Photo

Funcionário do governo é demitido após criticar política de Trump

Chefe da divisão do Hemisfério Ocidental do Conselho de Segurança Nacional criticou as políticas do governo sobre a América Latina, especialmente as relacionadas ao México

O Estado de S.Paulo

19 Fevereiro 2017 | 22h15

WASHINGTON - Uma autoridade sênior do governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi demitida hoje na sequência de críticas às políticas do republicano e aos seus assessores, em um discurso privado.

Craig Deare foi indicado por Trump há um mês para chefiar a divisão do Hemisfério Ocidental do Conselho de Segurança Nacional, onde ele trabalhou em Washington.

Um oficial da Casa Branca confirmou que Deare não está mais ocupando o cargo e retornou ao seu antigo trabalho na Universidade de Segurança Nacional. Ele falou sob condição de anonimato e não ofereceu maiores detalhes.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, disse hoje que Deare "foi enviado de volta a sua posição original". Questionada sobre se os funcionários do governo devem temer serem demitidos por criticarem o presidente, ela disse: "Eu não acho que qualquer pessoa que esteja a cargo de conduzir a agenda do presidente deve ser contra a agenda do presidente".

Autoridades do governo disseram que a demissão de Deare estava ligada a declarações que ele fez na quinta-feira, em uma conversa privada no Wilson Center, um grupo de discussão em Washington.

De acordo com uma pessoa que participou da conversa, Deare criticou as políticas do governo Trump sobre a América Latina, especialmente as relacionadas ao México. /AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.