Furacão faz McCain suspender maioria de atos de convenção

Segundo comitê republicano, apenas o que for 'estritamente necessário' será realizado em Minnesota

Efe,

31 de agosto de 2008 | 18h10

John McCain e o Comitê Nacional Republicano (RNC) suspenderam todos os atos previstos para segunda-feira na Convenção Nacional Republicana, com exceção dos estritamente necessários para poder nomear oficialmente o candidato do partido à Casa Branca.   Veja também: Gustav segue com rapidez no Golfo do México para Louisiana Gustav interrompe produção de petróleo no Golfo do México Bush e Cheney não irão à convenção republicana na segunda   O presidente do Partido Republicano, Mike Duncan, e o diretor de campanha de McCain Rick Davis, , explicaram em entrevista coletiva que a convenção começará na hora prevista, mas que depois a sessão será suspensa até novo aviso. Os organizadores da convenção decidirão "dia a dia" como proceder, explicou Davis.   Ele acrescentou que a decisão se deve a uma ordem de McCain, que, em declarações em Saint Louis (Missouri) e perante a gravidade da ameaça que representa a passagem do furacão "Gustav" pelo Golfo do México, afirmou: "Devemos tirar o uniforme de republicanos e vestir o uniforme de americanos".   O programa desta segunda se restringirá ao "estritamente necessário", de acordo com as normas do Partido, que estabelecem o processo para a nomeação do candidato, acrescentou Davis. "Não haverá discursos políticos", afirmou o diretor de campanha. "Todos os atos serão considerados opcionais a partir de amanhã às 17h30 (19h30 em Brasília)", afirmou.   A campanha de McCain ofereceu às delegações dos estados que podem ser afetados pelo furacão fretar aviões charter para levá-las a seus lugares de residência. A delegação da Louisiana aceitou e abandonará a convenção. Além disso, Davis indicou que a campanha de McCain pedirá a todos os participantes do encontro que forneçam fundos para as possíveis vítimas do furacão.   Na segunda-feira, dentro dos atos considerados "indispensáveis", ficará a abertura formal da convenção e o estabelecimento do Comitê Nacional Republicano. O único requisito que faltaria seria a nomeação oficial de McCain como candidato presidencial e de Sarah Palin, governadora do Alasca, como vice-presidente, em uma votação a viva voz.   O presidente americano, George W. Bush, e o vice-presidente, Dick Cheney, que deviam falar perante a convenção, anunciaram neste domingo que não compareceriam ao encontro para supervisionar as tarefas de emergência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.