EPA/NOAA
EPA/NOAA

Furacão Michael vai para categoria 4 a menos de 300 km da Flórida

Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos alertou que a força de Michael é uma "situação de perigo mortal

O Estado de S.Paulo

10 Outubro 2018 | 04h38

WASHINGTON, ESTADOS UNIDOS - O furacão Michael subiu, nesta quarta-feira, 10, para a categoria 4 na escala Saffir-Simpson - de um máximo de 5 - com ventos máximos constantes de até 210 km/h em seu avanço pelo Golfo do México em direção ao estado da Flórida, segundo informações do Centro Nacional de Furacões (NHC, sigla em inglês) dos Estados Unidos.

De acordo ao último boletim do NHC divulgado às 2h (horário local, 3h de Brasília), o olho de Michael está localizado a 275 quilômetros de Apalachicola e 290 quilômetros de Panama City, ambas na Flórida, e avança para o norte a uma velocidade de 19 km/h. Neste último boletim, o NHC alertou que a força de Michael é uma "situação de perigo mortal".

Michael deve tocar a terra na Flórida nesta quarta e quinta-feira, 11, atravessará o sudeste dos EUA até voltar a sair para o Oceano Atlântico na sexta-feira, 12. Os prognósticos do NHC também indicam que Michael seguirá se fortalecendo durante as próximas horas até tocar a terra na Flórida, embora não está claro se consigará alcançar a categoria 5, reservada para furacões de 252 km/h ou mais.

Michael chega aos EUA semanas depois do furacão Florence ter deixado 50 mortos e um rastro de devastação nas Carolinas do Norte e do Sul. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.