Hackers invadem computadores das campanhas de candidatos

Autoridades sabem quem são os invasores, mas não os identificaram para os partidos e para a imprensa

Efe,

07 de novembro de 2008 | 03h52

Hackers internacionais invadiram os computadores das campanhas do democrata Barack Obama, presidente eleito dos Estados Unidos, e de seu ex-adversário republicano, John McCain, informou nesta sexta-feira, 7, a CNN. Veja também:Família Obama se adapta à nova vida Especial: Festa por mudança Veja o perfil do novo presidente Trajetória de Obama  Guterman: Obama é o resgate do 'espírito americano'  Blog: Brasileiros nos EUA Estadao.com.br na terra dos ObamasDiário de bordo da viagem ao Quênia Veja a apuração das eleiçõesEntenda o processo eleitoral  Cobertura completa das eleições nos EUA A invasão ocorreu em meados deste ano, e os hackers buscavam informações sobre a política dos dois candidatos. Segundo uma fonte policial citada pela CNN, investigadores federais informaram às duas campanhas dessa invasão, o que as levou a contratar empresas de segurança para solucionar o problema. A emissora americana indicou que, segundo suas fontes, as autoridades dos EUA sabem quem é o responsável pela invasão, mas não quiseram identificá-lo ou assinalar seu país de origem. Agentes do FBI (Polícia Federal americana) estão investigando o incidente, disse a CNN, citando uma de suas fontes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.