Hillary diz que não tentará nova candidatura à Casa Branca

Ex-primeira-dama diz que seu interesse em liderar maioria no Senado ou ser presidente é próximo de zero

Agência Estado e Associated Press,

14 de outubro de 2008 | 11h57

A senadora Hillary Clinton avaliou as chances de concorrer à presidência do Estados Unidos como próximas de zero e de liderar a maioria democrata no Senado como próximas de zero. O programa Fox & Friends, do canal Fox News, divulgou nesta terça-feira, 14, uma entrevista com a ex-primeira-dama.   Questionada sobre as chances, em uma escala de 1 a 10, de ela se tornar líder da maioria no Senado, ela respondeu que não busca "nenhuma posição além de ser a melhor senadora por Nova York que eu posso ser."   Hillary foi derrotada após uma dura batalha nas primárias democratas pelo senador Barack Obama, agora candidato do partido à Casa Branca. Quando foi questionada se poderia ocupar um posto na Suprema Corte, ela também negou essa intenção. "Zero. Eu não tenho interesse em fazer isso."   Finalmente, foi perguntado se ela concorreria novamente à Casa Branca. "Provavelmente perto de zero", avaliou. "Há um velho ditado: floresça onde você está plantada." Hillary falou que seu principal interesse agora é trabalhar como senadora durante uma administração liderada por Barack Obama.

Tudo o que sabemos sobre:
Hillary Clintoneleições nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.