Incêndio destói escritório de campanha de Hillary Clinton

Bombeiros descartam fogo intencional; ninguém saiu ferido

AP

11 de abril de 2008 | 17h54

Um incêndio destruiu nesta sexta-feira, 11, um escritório de campanha da pré-candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, no oeste do Estado de Indiana.   Duas pessoas que estavam dentro do escritório quando o incêndio começou conseguiram escapar sem ferimentos, informou o corpo de bombeiros da cidade de Terre Haute.   Segundo as autoridades, não há indícios de que o incêndio tenha sido causado intencionalmente, mas as investigações continuam.   O ex-presidente Bill Clinton visitou o prédio incendiado e riu quando perguntado se o incidente era um mau sinal para a campanha de sua mulher Hillay: "Acho que é um bom sinal. Nós renasceremos das cinzas, como um fênix.

Tudo o que sabemos sobre:
Hillary Clintoneleiçõesincêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.