Incêndio destrói escritório da campanha de Hillary Clinton

Partido e serviço secreto americano investigam causas que provocaram fogo que destruiu comitê em Indiana

Efe,

11 de abril de 2008 | 10h19

Um incêndio destruiu na madrugada desta sexta-feira, 11, o escritório da campanha eleitoral da senadora Hillary Clinton em Terre Haute, em Indiana (Estados Unidos), informaram as autoridades.   Veja também:   Confira a disputa em cada Estado   Conheça a trajetória dos candidatos   Cobertura completa das eleições nos EUA     Obama ganha vantagem entre superdelegados   A estação local de televisão WTHI-TV informou que as duas mulheres que estavam no escritório escaparam sem ferimentos. O fogo começou pouco após a meia-noite e as causas ainda são desconhecidas. Um automóvel estacionado em frente ao escritório também pegou fogo.   "Quando chegamos ao local, as chamas brotavam do alto do escritório e o veículo também estava em chamas", disse John Gardner, do Corpo de Bombeiros de Terre Haute, à emissora de televisão.   George Leach, testemunha que estava no local, disse à televisão que a frente do escritório estava em meio às chamas, e "depois caiu sobre o automóvel"."A esta altura, tudo o que sabemos é que a estrutura se incendiou", disse Gardner."Apagamos o fogo e faremos nossa investigação", acrescentou. O serviço secreto americano, que protege os candidatos presidenciais, também participa da investigação, indicou a WTHI-TV.   Hillary, senadora por Nova York, disputa com o senador de Illinois, Barack Obama, pela candidatura presidencial do Partido Democrata, diante das eleições de novembro.

Tudo o que sabemos sobre:
Hillary Clintoneleições nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.