Justin Sullivan/Getty Images/AFP
Justin Sullivan/Getty Images/AFP

Incêndio florestal na região vinícola da Califórnia força evacuação de hospital e centenas de casas

Todos os 55 pacientes que estavam no hospital foram retirados com segurança por ambulância e helicóptero

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de setembro de 2020 | 20h20

SANTA HELENA - Um incêndio florestal impulsionado pelo vento eclodiu no domingo no coração da região vinícola de Napa Valley, no norte do estado da Califórnia, no oeste dos Estados Unidos. O fogo se espalhou por mais de 400 hectares, forçando a evacuação de várias centenas de casas e um hospital, segundo autoridades locais.

O incêndio, apelidado de Glass Fire, eclodiu antes do amanhecer perto de Calistoga, cerca de 120 km ao norte de San Francisco, e correu em direção às cidades adjacentes de Deer Park e Santa Helena, com as chamas avançando para cerca de uma milha do Hospital Adventist Health St. Helena.

A causa do incêndio estava sob investigação. Todos os 55 pacientes que estavam no hospital no momento foram evacuados com segurança por ambulância e helicóptero ao longo de cinco horas, começando por volta das 7 horas da manhã, disse à Reuters a porta-voz do hospital Linda Williams. "Tínhamos ambulâncias alinhadas de toda a área da baía", disse ela, acrescentando que, embora a instalação estivesse cercada de fumaça, o céu sobre o hospital permanecia claro o suficiente para helicópteros pousarem e decolarem com pacientes que precisavam ser evacuados pelo ar.

Ela disse que foi a segunda evacuação relacionada ao incêndio florestal do hospital de 151 leitos em cerca de um mês, após um enorme aglomerado de incêndios provocados por raios que varreu vários condados ao norte da região da Baía de São Francisco. As ordens de evacuação também foram postadas no domingo para Deer Park e várias outras comunidades do condado de Napa, de acordo com o porta-voz do Departamento de Florestas e Proteção contra Incêndio da Califórnia (CalFire), Tyree Zander.

Cerca de 600 casas estavam sob ordem de evacuação, com residentes de cerca de outras 1.400 habitações avisadas para estarem prontas para fugir a qualquer momento. Cerca de 5.000 pessoas ao todo foram afetadas por avisos de evacuação. Às 13h30 (hora local), as chamas alimentadas por rajadas de ventos de até 80 km/h haviam queimado cerca de 485 hectares de encostas onduladas gramadas e bosques de carvalho, com zero por cento de contenção, disse Zander.

Não houve relatos imediatos de feridos, mas um fotógrafo da Reuters em Santa Helena viu várias estruturas que haviam sido queimadas. O Vale do Napa, mundialmente conhecido como uma das principais regiões produtoras de vinho da Califórnia, tem sido atormentado por uma série de incêndios florestais na área da baía nos últimos anos.

O mais recente veio quando a Pacific Gas and Electric Company anunciou que estava desligando temporariamente a energia das linhas de transmissão em partes de 16 condados no norte e centro da Califórnia como uma precaução contra o aumento dos riscos de incêndios florestais representados por condições quentes, ventosas e secas.

Esperava-se que o corte de energia para segurança pública afetasse cerca de 65.000 residências e empresas na região, disse a PG&E, a maior concessionária de energia elétrica do estado. Um alerta de bandeira vermelha para riscos extremos de incêndios florestais deve permanecer afixado em Napa Valley até a manhã de segunda-feira, 28, disse Zander. CalFire disse que um alerta de tempo de incêndio deve entrar em vigor na segunda-feira em grande parte do sul da Califórnia devido à previsão de retorno dos ventos quentes e rajadas de Santa Ana e baixa umidade de San Diego para os condados de Los Angeles e Ventura. /REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.