Israel declara apoio a ataque dos EUA na Síria

Israel declara apoio a ataque dos EUA na Síria

Benjamin Netanyahu, premiê israelense, disse que 'tanto em palavras como atos, Trump enviou mensagem clara e forte de que o uso e a disseminação de armas químicas não serão tolerados'

O Estado de S. Paulo

07 Abril 2017 | 01h05

O governo de Israel afirmou na começo da madrugada desta sexta-feira que o país apoia completamente a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de lançar mísseis contra a Síria.  

Em comunicado à imprensa, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse que "tanto em palavras e atos, Trump enviou hoje uma mensagem clara e forte que o uso e a disseminação de armas químicas não serão tolerados".   "Israel apoia inteiramente a decisão do presidente norte-americano e espera que esta mensagem de determinação contra as ações horríveis do regime de Assad possa ressoar não só em Damasco, mas também em Teerã (Irã), Pyongyang (Coreia do Norte), em qualquer lugar", finalizou o comunicado.

Na noite desta quinta-feira (6), os Estados Unidos lançaram 59 mísseis Tomahowks contra uma base aérea do regime de Bashar Assad em resposta ao ataque com armas químicas na província de Idlib.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.