John Kerry lança duro ataque contra McCain

'Antes que comecem seus debates com Obama, ele deveria terminar seu debate consigo mesmo', afirmou

Efe,

28 de agosto de 2008 | 00h54

O ex-candidato presidencial democrata John Kerry lançou nesta quarta-feira, 27, um duro ataque contra o aspirante republicano, John McCain, e afirmou que não o "reconhece" apesar de 22 anos de amizade. Em discurso durante a Convenção Democrata, Kerry, que há quatro anos era o candidato presidencial do partido, comentou sobre o que considerou as inconsistências de McCain em questões como os cortes fiscais e a imigração. "Antes que comecem seus debates com o senador Barack Obama, ele deveria terminar seu debate consigo mesmo", afirmou o ex-candidato. Kerry e McCain mantinham uma longa amizade e um histórico de colaboração no Senado. Durante sua campanha presidencial em 2004, chegou a pensar em propor ao candidato republicano a Vice-Presidência, mas finalmente se inclinou por John Edwards. O ex-candidato presidencial foi também duro no momento de comentar sobre as críticas de McCain contra Obama, que permitiram ao republicano alcançar seu rival nas pesquisas. "A estratégia da calúnia e do medo ficou velha, e os americanos vão rejeitá-la nas eleições", assegurou o senador por Massachusetts.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições nos EUABarack Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.