Joseph Biden é escolhido como vice de Barack Obama

A nomeação foi confirmada por diferentes cadeias de televisão dos Estados Unidos nesta madrugada

EFE

23 de agosto de 2008 | 03h01

Joseph Biden, veterano senador por Delaware e presidente do Comitê de Exteriores do Senado, foi escolhido neste sábado candidato a vice-presidente do democrata Barack Obama A nomeação foi confirmada por diferentes cadeias de televisão dos Estados Unidos nesta madrugada, e antes que a notícia pudesse ser transmitida aos seguidores do candidato mediante mensagens de texto enviadas a seus telefones celulares. Biden, senador há 35 anos e um dos maiores especialistas democratas em política externa, dará à candidatura de Obama a experiência internacional que o candidato à Presidência não tem, assim como um profundo conhecimento dos corredores do poder de Washington. Extrovertido, bom argumentador e mordaz orador, Biden reúne os três requisitos que Obama procura em um companheiro de chapa eleitoral: está preparado para ser presidente, será capaz de ajudá-lo a governar e, sobretudo, tem idéias próprias. "Quero alguém capaz de desafiar minhas idéias e não simplesmente alguém que diga sim para tudo", assegurou na sexta-feira Obama em declarações nas quais, sem revelar o nome do eleito, fez um retrato da pessoa com a qual quer compartilhar as tarefas da Presidência. A designação foi o melhor segredo guardado de Washington até a noite passada quando se soube que dois dos principais "elegíveis", o Governador da Virgínia, Tom Kaine, e o senador de Indiana Evan Bayh, haviam "saído" da lista. Desde esse momento e até esta madrugada, tudo já apontava para a designação de Biden que, finalmente, foi tornada pública na meia-noite do sábado, mais de doze horas antes de o candidato democrata comparecer com seu novo companheiro de chapa em Springfield, Illinois, no qual será seu primeiro comício conjunto. Foi precisamente nesta localidade no coração dos EUA, terra adotiva do 16º presidente dos EUA, Abraham Lincoln, o homem que aboliu a escravidão no país, onde Obama lançou, em fevereiro de 2007, sua candidatura à Presidência. Springfield será também o começo da verdadeira campanha eleitoral democrata 2008. Após esta "apresentação na sociedade", ambos os senadores devem realizar uma breve viagem pelos estados eleitoralmente mais difíceis do país antes de desembarcar em Denver, Colorado, para participar da Convenção Democrata que começa ali na segunda-feira e na qual serão oficializadas suas candidaturas.

Tudo o que sabemos sobre:
Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.