REUTERS/Leah Millis
REUTERS/Leah Millis

Kim Jong-un pediu desculpas por teste de mísseis, afirma Trump

Presidente dos Estados Unidos afirmou ainda que líder norte-coreano deseja começar negociações entre países

Redação, EFE

10 de agosto de 2019 | 10h19

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse neste sábado que o líder norte-coreano Kim Jong-un fez um "pequeno pedido de desculpas" pelos recentes testes de mísseis balísticos conduzidos por seu governo. O pedido foi feito por meio de uma carta. 

"Foi um pequeno pedido de desculpas por testes de mísseis de curto alcance e [Kim Jong-un disse] que estes testes parariam quando os exercícios conjuntos [entre Seul e Washington] terminassem", afirmou Trump no Twitter. 

Aliados, Estados Unidos e Coréia do Sul conduzem manobras militares entre os dias 5 e 20 deste mês, mas reduziram significativamente a escala dos exercícios, como resultado dos acordos alcançados nas cúpulas inter-coreanas e nas reuniões entre Trump e Kim. 

Desde o último dia 25 de julho, a Coréia do Norte realizou quatro rodadas de lançamentos de mísseis que incluíam foguetes balísticos de curto alcance, de acordo com a primeira análise das forças sul-coreanas. Em seu último encontro, na fronteira inter-coreana, Trump e Kim concordaram em reativar o diálogo sobre a desnuclearização da Coréia do Norte, mas até agora isso não aconteceu.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.