McCain escolhe governadora do Alasca para vice

Sarah Palin pode ajudar o republicano a conquistar eleitoras decepcionadas com a derrota de Hillary Clinton

Agências internacionais,

29 de agosto de 2008 | 10h39

A governadora do Alasca, Sarah Palin, é a escolhida do republicano John McCain para ser sua companheira de chapa na corrida presidencial dos Estados Unidos. A informação foi confirmada nesta sexta-feira, 29, pela campanha do candidato. McCain e Palin enfrentarão o candidato democrata Barack Obama e seu candidato a vice, o senador John Biden, nas eleições de 4 de novembro.   Veja também: Obama detalha propostas e ataca McCain Perfil: McCain tenta ser o mais velho a ser eleito Obama x McCain Entenda o processo eleitoral   Cobertura completa das eleições nos EUA    Palin, uma conservadora cristã de 44 anos e que se descreve como uma das "mães do hóquei" que governa o Alasca há menos de dois anos, é a primeira candidata à Vice-Presidência do partido. A governadora concorreu como uma agente da mudança quando foi eleita em 2006 e sua escolha foi recebida com surpresa,j á que a governadora é um nome relativamente pouco conhecido em nível nacional nos Estados Unidos. Segundo a BBC, McCain pode tê-la escolhido como uma tática para conquistar o voto de eleitoras democratas que ficaram decepcionadas com a derrota de Hillary Clinton, que disputou com Obama a indicação de Barack Obama. Ela também teria o apelo de ser relativamente jovem.   Por meio de um comunicado, a campanha de McCain afirma que Palin, governadora  "tem o passado de reformas e atuação bipartidária dos quais outros apenas sabem falar". "A experiência dela em sacudir o status quo é exatamente o que falta em Washington hoje", diz a nota.   O mandato de Palin também é marcado por controvérsias sobre abuso de poder. Segundo a CNN, a governadora está sob investigação por acusações de ter demitido o comissário do sistema de saúde pública do Alasca por que ele teria se recusado a demitir o seu ex-cunhado, um patrulheiro estadual. Palin reconheceu que um membro do seu gabinete fez uma ligação telefônica supostamente interpretada em nome do governo e como pressão para destituir Mike Wooten, que protagonizava uma batalha pela custódia dos filhos da irmã de Palin. A governadora ressaltou que ninguém teve autorização para o contato.   Uma ferrenha opositora do aborto, Palin é casada, tem cinco filhos - o mais novo nascido em abril deste ano, com síndrome de Down - e ficou conhecida por realizar reformas em seu Estado durante seu atual primeiro mandato.  Ela apóia a extração de petróleo da reserva nacional selvagem no Ártico - proposta a qual o candidato à Presidência é contra, apesar de ser favorável à extração em alto mar. "Esta é uma escolha corajosa de um forte conservador que é reformista e que será muito bem recebida pelos delegados do partido com entusiasmo", afirmou o estrategista republicano Scott Reed.   McCain anunciará oficialmente sua companheira de chapa no dia em que completa 72 anos. Ao contrário de Obama, que teve mais de 30 mil pessoas na lista de espera para entrar no estádio Invesco, que tem capacidade para 75 mil espectadores, a campanha de McCain está tendo dificuldades para reunir gente suficiente para lotar um ginásio de 10 mil lugares, onde o republicano fará o anúncio oficial. Na quinta-feira, assessores de McCain estavam distribuindo ingressos em vários Estados americanos e se ofereciam para transportar partidários até o local.   Os rumores sobre a designação de Palin começaram a ganhar força esta manhã, depois que um avião procedente do Alasca aterrissou no aeroporto de Dayton, em Ohio, onde McCain deve apresentar o nome de sua vice. Mas ainda assim - habitualmente não há aviões do Alasca aterrissando em Dayton - os meios de comunicação demoraram a dar crédito a esta possibilidade, já que os próprios assessores da governadora achavam que ela continuava em seu Estado. Além de uma surpresa, a escolha de Palin, que chegou a ficar em segundo lugar em um concurso de beleza no Alasca em sua juventude, é uma aposta política arriscada, com a qual McCain tenta demonstrar sua independência. Nascida em Idaho, em 1964, Palin se mudou para o Alasca junto com seus pais, que eram professores. Ele é casada com Todd Palin, que é esquimó. (Com Patrícia Campos Mello, de O Estado de S. Paulo)   Matéria atualizada às 13 horas.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições nos EUAJohn McCain

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.