McCain promete superar vantagem de Obama em 4 dias

Candidato republicano afirma que é possível passar liderança do rival nas pesquisas de intenção de voto

Associated Press,

31 de outubro de 2008 | 12h49

A quatro dias da eleição presidencial, o republicano John McCain intensificou sua mensagem em Ohio, numa tentativa de superar a vantagem do democrata, Barack Obama, acusado de promover políticas econômicas extremamente esquerdistas para os americanos. Obama conseguiu consolidar sua liderança nas pesquisas ao vincular permanentemente o rival com o impopular presidente George W. Bush, responsabilizado pela crise financeira. Porém, McCain afirmou que conseguiu superar a comparação e em breve vai superar Obama nas intenções de voto.   Veja também: Obama amplia vantagem e tem 11 pontos sobre McCain Uma piscada que pode custar caro para Obama Enquete: Você votaria em McCain ou Obama?  Confira os números das pesquisas nos Estados  Obama x McCain  Entenda o processo eleitoral   Cobertura completa das eleições nos EUA   A mais recente pesquisa realizada pelo jornal The New York Times dá vantagem de 11 pontos ao democrata. McCain afirma que é normal perder nas pesquisas e que já superou as intenções de voto várias vezes no passado. "Temos uns quatro pontos de desvantagem, mas superaremos", afirmou. A nova sondagem reflete o aumento da rejeição sobre a escolha de Sarah Palin, governadora conservadora do Alasca que é a candidata a vice de McCain. Pelo menos 59% dos entrevistados disseram que é não é qualificada para o cargo.   Em uma entrevista ao canal de televisão ABC, McCain acusou Obama de querer aumentar os impostos. Obama afirmou que se ganhar a Presidência, não aumentará a cobrança de 95% da população e que fará reduções para a classe média, ainda que seja contra reduções fiscais outorgadas por Bush para as classes mais ricas.   McCain está em Ohio pelo segundo dia com o seu ônibus de campanha. No sábado, o republicano participará do programa humorístico Saturday Night Live, na rede NBC. O candidato republicano já se apresentou em outras oportunidades no programa de sátiras políticas. Obama passará a sexta-feira por Estados como Des Moines e Iowa, onde conseguiu sua primeira vitória nas primárias contra a então candidata Hillary Clinton.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.