Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

McCain venceria Obama e Hillary, aponta pesquisa

Republicano abre vantagem sobre Obama por 49% a 42%; no caso de Hillary, a margem é de 51% contra 41%

Efe,

20 de março de 2008 | 16h27

O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, John McCain, leva uma vantagem substancial em intenções de voto frente a seus rivais democratas Barack Obama e Hillary Clinton, segundo a última pesquisa divulgada pelo instituto Rasmussen. A pesquisa mostra que McCain abre vantagem sobre Obama por 49% a 42%. No caso de Hillary, a margem é de 51% contra 41%. O instituto Rasmussen obtém seus resultados mediante enquetes telefônicas noturnas diárias, que se baseiam em entrevistas com 1.600 prováveis eleitores. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Os resultados estão alinhados com os de outras pesquisas divulgadas nos últimos dias, e que também mostram que McCain levaria a vitória na corrida à Casa Branca tanto em um confronto diante de Obama como de Hillary. Segundo a pesquisa do instituto Rasmussen, McCain ganhou força no último mês em estados como Ohio, Michigan, Colorado, New Hampshire e Pensilvânia. Os dois aspirantes democratas seguem na liderança em Nova York, Massachusetts, Connecticut e Califórnia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.