Efe
Efe

Michelle diz que 1.º dia na Casa Branca foi 'um pouco surreal'

Primeira-dama afirma em entrevista que a campanha eleitoral de 2 anos preparou a família para a vida pública

Efe e Reuters,

21 de janeiro de 2009 | 11h45

A primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, descreveu como "um pouco surrealista" seu primeiro dia na Casa Branca. "É muito excitante também, pois há muito o que se pode fazer desta posição", declarou Michelle Obama no programa Good Morning America, da rede ABC, nesta quarta-feira, 21.

 

Veja também:

linkObama congela processos na prisão de Guantánamo

linkCobertura especial da posse no blog

linkEnquete: O que você achou das roupas de Michelle? forum

linkObama promete reconduzir os EUA à liderança mundial

linkÍntegra do discurso de posse de Obama

linkOuça o juramento de Barack Hussein Obama icone

linkVeja galeria de fotos da festa mais imagens

linkA vida de Barack Obama em imagens mais imagens

linkImagens da família Obama mais imagens  

 

Michelle, que completou 45 anos no sábado, três dias antes de se tornar primeira-dama, afirmou que a longa campanha eleitoral de seu marido, Barack Obama, os "preparou para a vida pública". "Barack e eu estamos já há dois anos à revelia de vida privada", acrescentou. "Provavelmente estamos mais habituados a isto do que alguém pode imaginar".

 

Os Obama deram um toque inesperado ao desfile da cerimônia da 44ª posse presidencial, quando abandonaram temporariamente a limusine blindada que os levava do Capitólio até a Casa Branca e caminharam pela avenida Pensilvânia. O casal ainda participou de dez bailes, que fecharam a festa da posse.

 

Michelle afirmou ainda que, depois da eleição de novembro, se sentiu reconfortada, pois ela e o marido puderam finalmente, fazer as refeições regularmente com suas filhas Malia e Sasha.

 

Boa parte da cobertura dos veículos de imprensa nesta manhã está dedicada aos modelos usados pela primeira-dama durante as festividades. A primeira-dama americana usou um longo vestido branco nos bailes de posse. O criador, Jason Wu, é um jovem estilista que vive em Nova York. Segundo o The Wall Street Journal, Wu tem 26 anos e é de Taiwan. Ele disse recentemente para o jornal que não imaginava que a primeira-dama usaria um de seus vestidos nos bailes comemorativos.

 

Isabel Toledo, estilista cubana responsável pelo vestido usado por Michelle Obama na posse, não sabia até manhã de terça se a primeira-dama usaria o casaco amarelo-limão que combinava com o vestido desenhado especialmente para ela. "Estamos todos diante da televisão", disse a estilista em entrevista por telefone de seu estúdio em Nova York. "E foi genial! Estamos felicíssimos."

 

Isabel Toledo, que confecciona roupas em Nova York há 25 anos, disse que o casaco e o vestido foram feitos de renda de lã suíça sobre um tecido de malha, para aquecer, e forrado com seda francesa. "Eu queria usar uma cor otimista, com muita claridade", disse ela. "Queria que ficasse encantada e, assim, encantar todo o mundo", disse a estilista. "Foi maravilhoso." Segundo ela, 13 pessoas trabalharam na roupa usada por Michelle. "Chinesas, polonesas, hispânicas, tenho uma fotografia de todas trabalhando na confecção da roupa", disse Isabel, de 48 anos.

 

"Estamos todos gratos por essa oportunidade. E olha que nem temos um departamento de relações públicas." Assim como outros estilistas que já desenharam roupas para Michelle, Isabel Toledo trabalhou com Ikram Goldman, proprietário de uma butique em Chicago, a Ikram, onde a primeira-dama costuma renovar o guarda-roupa. A loja também vende modelos confeccionados por Narciso Rodriguez e Maria Cornejo, outros dois estilistas também muito conceituados pela primeira-dama.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.