Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Obama dança tango em jantar de gala na Argentina

Presidente americano mostrou habilidade na dança

Rodrigo Cavalheiro - Correspondente em Buenos Aires, O Estado de S. Paulo

23 de março de 2016 | 23h04

O presidente dos EUA, Barack Obama, mostrou habilidades que vão além da política na noite desta quarta-feira, 23, em Buenos Aires. O americano dançou tango durante 44 segundos com uma bailarina profissional. Foi na recepção oferecida pelo presidente argentino, Mauricio Macri, no Centro Cultural Kirchner.

O tema escolhido para a exibição dos passos presidenciais foi Por Una Cabeza, um dos mais conhecidos de Carlos Gardel. 

Inicialmente, Obama reluta em quebrar o protocolo. Quando finalmente aceita o convite de Mora Godoy, ícone do baile argentino que havia terminado sua apresentação, todos na mesa presidencial aplaudem incrédulos. Michelle Obama também. 

Quando o americano dá os primeiros passos, o parceiro de Mora convida a primeira-dama americana para acompanhá-lo. Conhecida pelo molejo aos som de músicas mais contemporâneas, Michelle diverte-se por 30 segundos. A primeira-dama, sobre a qual recai forte suspeita de ser ciumenta, é cumprimentada efusivamente por Mora ao fim da exibição conjunta. Ambas se abraçam.

Obama não foi submetido a experiências típicas argentinas apenas na hora do tango. No jantar, foram servidos cordeiro patagônico, vinho de Mendoza e sobremesa de doce de leite. Obama deixa a Argentina nesta quinta-feira, 24, depois de visitar Bariloche.

O líder americano é mais conhecido pelo seu gingado em incursões esportivas, sobretudo no golfe e no basquetebol. Ele tem sofrido críticas por não saber muito de beisebol, mas dar palpites como se entendesse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.