Obama ganha prêmio de homem do ano da revista Time

Democrata superou o Henry Paulson, Nicolas Sarkozy, Sarah Palin e o cineasta chinês Zhang Yimou

Redação

17 de dezembro de 2008 | 11h21

A revista Time, uma das mais influentes dos Estados Unidos, deu ao ao presidente eleito do país, Barack Obama, o prêmio de personalidade do ano de 2008. No ano passado, o vencedor foi o então presidente russo Vladimir Putin.   Obama superou o secretário do Tesouro, Henry Paulson, o presidente da França, Nicolas Sarkozy, a governadora do Alasca, Sarah Palin e o cineasta chinês Zhang Yimou. O prêmio da revista é dado à pessoa que, na visão da Time, mais influenciou o ano.   "Chegou ao cenário americano como um trovão, realocou nossa política, fez em pedacinhos décadas de sabedoria convencional e superou séculos de ordem hierárquica social", diz a revista, ao explicar alguns dos motivos da escolha.    Sobre Obama, que será o 44º presidente da história dos EUA a partir de 20 de janeiro, a publicação americana afirma também que, além desses fatos simbólicos, sua vitória eleitoral ocorreu em ummomento de crise e ele "reagiu de uma maneira sem precedentes para formar uma Administração que proporcione confiança a um mundo em pleno abalo".   Indica também que uma das qualidades do sucessor de George W. Bush "é ser o contrário do chamativo, a antítese da retórica: consegue que as coisas sejam feitas. É um homem que faz coisas".       Uma foto do presidente eleito dos EUA será a capa do próximo número da "Time", um lugar que antes ocuparam outras personalidades políticas ou artísticas, como o atual primeiro-ministro da Rússia,Vladimir Putin, o próprio George W. Bush, e o cantor e compositor irlandês Bono, entre outros.

Tudo o que sabemos sobre:
Obamarevista Time

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.