Obama ganha terreno sobre Hillary na Pensilvânia

Apesar de vantagem de 6 pontos da senadora, rival diminiu diferença semanas antes de prévias decisivas

Reuters,

09 de abril de 2008 | 08h04

A pré-candidata democrata à Presidência dos Estados Unidos Hillary Clinton tem 6 pontos percentuais de vantagem sobre Barack Obama entre os prováveis eleitores democratas na prévia da Pensilvânia, segundo pesquisa da Quinnipiac University divulgada na terça-feira, 8. O levantamento mostra, no entanto, que Obama está reduzindo a liderança da ex-primeira-dama no Estado. Veja também:Confira a disputa em cada Estado Conheça a trajetória dos candidatos Cobertura completa das eleições nos EUA  A duas semanas da prévia, marcada para 22 de abril, Hillary tem 50% das intenções de voto contra 44% de Obama. Na pesquisa anterior, Hillary tinha vantagem de 9 pontos percentuais, com 50% contra 41% de Obama. O senador por Illinois e senadora por Nova York disputam a indicação do Partido Democrata para disputar a eleição presidencial de novembro contra o republicano John McCain. Entre as mulheres da Pensilvânia, o apoio a Hillary se manteve estável em 54%, mas Obama ganhou terreno na nova pesquisa, com 41% de apoio contra 37% no levantamento anterior. A pesquisa mostrou que, entre os eleitores brancos, Obama ganhou 4 pontos percentuais, para 38%, enquanto Hillary perdeu 3 pontos percentuais, para 56%. Entre os eleitores com menos de 44 anos o apoio a Obama cresceu 4 pontos percentuais, para 55%. Já os membros desse grupo que pretendem votar em Hillary caiu 2 pontos percentuais, para 40%. A pesquisa ouviu 1.340 prováveis eleitores democratas na prévia e foi realizada entre os dias 3 e 6 de abril, com margem de erro de 2,7 pontos percentuais para mais ou para menos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.