Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Obama inicia giro de seis dias pela Pensilvânia

O objetivo da peregrinação é a busca pelo voto operário

EFE

29 de março de 2008 | 02h42

O pré-candidato democrata Barack Obama iniciou nesta sexta-feira um giro de seis dias pela Pensilvânia, onde enfrentará uma disputada primária contra Hillary Clinton em 22 de abril. Obama chegou a Pittsburgh, antiga capital da siderurgia, com um apoio de peso: o único senador democrata pela Pensilvânia, Bob Casey, um defensor dos operários, uma categoria favorável a Hillary Clinton, segundo as pesquisas. O eleitorado operário, sindicalizado e patriota terá um papel fundamental na primária de 22 de abril. Como Hillary Clinton aparece como franca favorita na Pensilvânia, Obama tentará reduzir a margem de votos da senadora: "Teremos vencido se perdermos por apenas cinco pontos de diferença", disse um membro da equipe do senador negro. Clinton, que fazia campanha em Indiana nesta sexta-feira, precisa de uma grande vitória na Pensilvânia para reforçar o argumento de que apenas ela pode ganhar nos grandes estados, fundamentais para garantir a volta dos democratas à Casa Branca, em novembro. Altamente industrializada, Pittsburgh sofreu mais que o resto das grandes cidades industriais americanas com a queda do setor, iniciada em 1970.

Tudo o que sabemos sobre:
Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.