Obama pede ajuda para pagar dívida eleitoral de Hillary

Dívida da senadora de Nova York é de cerca de US$ 22 mi; os dois fazem sua 1ª aparição conjunta na sexta-feira

Efe,

25 de junho de 2008 | 04h39

O democrata Barack Obama pediu que seus partidários ajudem a pagar a dívida de campanha da senadora Hillary Clinton, segundo informou a CNN na noite de terça-feira, 24.   Veja também: Obama e Hillary farão campanha juntos na sexta Pesquisa: Obama tem 12 pontos de vantagem Obama x McCain  Conheça a trajetória dos candidatos Cobertura completa das eleições nos EUA    A senadora por Nova York reconheceu a vitória de Obama nas primárias do partido em 7 de junho, quatro dias depois das primárias em Dakota do Sul e Montana.Segundo a CNN, a dívida de Hillary, que prometeu apoio a Obama nas eleições de novembro, é de cerca de US$ 22 milhões.    A imprensa americana assinala que o tema foi discutido esta semana por Hillary e Obama. Os dois democratas farão sua primeira apresentação pública conjunta na próxima quinta-feira, em Washington.  Fontes do Partido Democrata citadas pela emissora de TV ABC confirmaram que o problema da dívida foi discutido na reunião, e assinalaram que a conversa foi "construtiva". Na segunda-feira passada, Hillary procurou seus partidários para saldar a dívida que contraiu no início deste ano, quando os fundos de sua campanha se esgotaram.   Matéria atualizada às 8h30.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.