Obama prevê vitória de Hillary na Pensilvânia

'Mas acho que será por pouco e que vamos ter um desempenho melhor que o esperado', diz senador democrata

Patrícia Campos Mello, enviada especial,

21 de abril de 2008 | 19h33

O pré-candidato democrata Barack Obama admitiu nesta segunda, 21, que sua rival Hillary Clinton deve ganhar as primárias desta terça, 22, no Estado da Pensilvânia. "Não estou prevendo uma vitória nossa", disse Obama em entrevista a um programa de rádio. "Mas acho que será por pouco e que vamos ter um desempenho melhor do que o esperado."   Veja também:   Confira a disputa em cada Estado Conheça a trajetória dos candidatos Cobertura completa das eleições nos EUA      Na votação desta terça, Hillary precisa ganhar com uma vantagem de 5 pontos porcentuais para se manter na disputa. "Se ela não vencer de forma decisiva, as contribuições de campanha vão secar", disse Abe Amoros, diretor do Partido Democrata da Pensilvânia. "Se ela vencer por menos de 5 pontos, é hora de repensar a campanha." De acordo com ele, isso não significa que uma vitória apertada fará a senadora desistir. "Ela é persistente e o eleitor americano gosta disso", afirmou.   Leia mais no Estado de S. Paulo desta terça, 22.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.