Obama tem 10 pontos de vantagem sobre McCain, diz Zogby

Candidato democrata permanece com mais da metade da preferência do eleitorado americano (51%)

Agências internacionais,

24 de outubro de 2008 | 08h38

O democrata Barack Obama tem 10 pontos percentuais de vantagem sobre o republicano John McCain na disputa presidencial norte-americana, segundo pesquisa diária Reuters/C-SPAN/Zogby divulgada nesta sexta-feira, 24. Obama tem 51% da preferência dos prováveis eleitores, contra 41% de McCain. A pesquisa, feita junto a 1.203 pessoas, tem margem de erro de 2,9 pontos percentuais. Na quinta-feira, Obama tinha 12 pontos de vantagem.   Veja também: The New York Times apóia Obama Obama e McCain devem arrecadar mais de US$ 1 bilhão Eleitores da Flórida comparecem em massa a votação adiantada Enquete: Você votaria em McCain ou Obama?  Confira os números das pesquisas nos Estados  Obama x McCain  Entenda o processo eleitoral   Cobertura completa das eleições nos EUA   Os números divulgados nesta sexta marcam o fim de quatro dias seguidos em que McCain vinha perdendo terreno nas pesquisas nacionais e nos Estados-chave na disputa presidencial de 4 de novembro. Mas o especialista em pesquisas John Zogby disse que o apoio a Obama, em meio a notícias econômicas desfavoráveis, continua significativo. "McCain parou de sangrar um pouco, mas ele ainda tem muito pela frente", disse.   Obama, 47, continua a ganhar apoio entre as mulheres e os independentes, dois grupos-chave na disputa. Entre os independentes, o democrata tem 56% contra 30% de McCain, enquanto Obama tem 58% contra 38% de apoio no eleitorado feminino. O independente Ralph Nader ficou com 2% de apoio entre os prováveis eleitores, segundo a pesquisa, enquanto o libertário Bob Barr ficou com 1 por cento. Três por cento declararam-se indecisos.   Uma pesquisa da Universidade Quinnipiac, divulgada na quinta, deu a Obama a liderança na Flórida 5 pontos porcentuais à frente de McCain (49% a 44%). O último estudo realizado pela universidade, no início do mês, dava uma liderança de 8 pontos para o democrata (51% a 43%). O mesmo levantamento, contudo, dá vantagem a Obama nos Estados-chave da Pensilvânia (53% a 40%) e Ohio (52% a 38%). Uma outra pesquisa feita pelo instituto Big Ten Battleground Poll mostrou que Obama lidera em oito Estados do Meio-Oeste, inclusive em Indiana, que nas últimas eleições vinha sendo um reduto republicano. Já o levantamento eito pela Associated Press/GfK indica uma corrida apertada - 44% para Obama, 43% para McCain. Segundo analistas, esses resultados tornam remotas as possibilidades de uma vitória de McCain.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.