Oprah Winfrey se nega a entrevistar vice de McCain

Apresentadora declarou-se a favor de Obama e diz que não usará programa como plataforma dos candidatos

Redação,

07 de setembro de 2008 | 16h50

Estrela favorita da televisão americana, Oprah Winfrey recusa-se a entrevistar em seu programa a candidata republicana à vice-presidência, Sarah Palin, segundo matéria do The Guardian. Ela é uma das personalidades mais importantes a declarar-se a favor do candidato democrata Barack Obama e sofre fortes pressões de comentaristas e especialistas conservadores, segundo os quais Sarah seria perfeita numa entrevista para seu público predominantemente feminino.   "Quando decidi que assumiria pela primeira vez posição pública em apoio a um candidato, decidi não usar meu programa como plataforma de qualquer candidato", ela disse em comunicado. E completou: "Concordo que Sarah Palin daria uma entrevista fabulosa, e adoraria tê-la no programa depois que a campanha acabar".   O fato mostra o risco em potencial do apoio declarado da entrevistadora a Obama, principalmente porque ele compareceu a seu programa várias vezes antes que ela se manifestasse a favor de sua candidatura. Além disso, também serve à atual estratégia republicana de ataques à mídia, acusada de se alinhar contra o partido.

Tudo o que sabemos sobre:
Oprah WinfreySarah PalinBarack Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.