Ovacionado, Ted Kennedy discursa na Convenção Democrata

Lutando contra o câncer, ícone democrata vai ao evento apoiar Obama; 'a esperança se levanta de novo', diz

Da Redação, com agências internacionais,

25 de agosto de 2008 | 22h40

Caroline Kennedy, filha do ex-presidente John F. Kennedy, subiu ao palco da Convenção Democrata na noite desta segunda-feira, 25, em Denver, para homenagear seu tio, o senador Ted Kennedy, e reforçar seu apoio ao candidato à Casa Branca do partido, Barack Obama. "Estou aqui para homenagear dois homens que mudaram minha vida e a vida deste país - Barack Obama e Edward Kenney", disse Caroline. Em seguida, Kennedy subiu ao palco, ovacionado pela multidão. "Há uma nova onda de mudança entre nós. Obama fechará o livro das velhas políticas. Não é uma vitória para um partido, mas para a nação", exclamou o senador veterano.    Veja também:Michelle Obama reforça valores americanos do marido Imagens da Convenção Democrata Obama x McCain Conheça a trajetória dos candidatos Cobertura completa das eleições nos EUA    Foto: AP   Foi a segunda aparição pública de Ted desde que ele passou por uma cirurgia para retirada de um tumor cerebral. "É muito bom estar aqui. E nada me manteria longe desse evento especial nesta noite. Estou aqui para ficar ao lado de vocês, para mudar a América, restaurar o futuro e eleger Barack Obama presidente dos Estados Unidos", continuou o senador.   "Prometo que estarei lá em janeiro, no Senado dos Estados Unidos, quando começarmos o próximo Congresso". Essa, continuou Ted, é uma "época de esperança". Ele assegurou que em breve todos os americanos terão acesso a um sistema de saúde "decente e de qualidade", um dos principais pontos defendidos pela campanha da candidata derrotada à Casa Branca Hillary Clinton. "A esperança se levanta de novo. O sonho vive", concluiu o senador de 76 anos, com voz firme, apesar de luta contra o câncer.   Antes de Ted discursar, um vídeo com trechos da trajetória dos Kennedys foram exibidos nos telões da convenção. "Eu nunca tive ninguém para me inspirar do jeito que as pessoas me diziam que meu pai inspirava, mas agora eu tenho Barack Obama", afirmou Caroline.   Ted voou para Denver na noite de domingo. Antes, foi a um hospital, onde foi examinado por médicos, que alertaram para os riscos que a viagem poderia trazer ao seu sistema imunológico, fragilizado após semanas de quimioterapia e tratamentos com radiação. O tumor foi diagnosticado depois do senador ter desmaiado em maio.   Nancy Pelosi   A presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, disse nesta segunda-feira, durante seu discurso na convenção democrata, que o senador John McCain, candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, tem "experiência em estar errado." O discurso da presidente da Câmara antecedeu a aparição de Ted.   Segundo a emissora americana CNN, Pelosi citou uma lista de temas, incluindo o sistema de saúde americano e a guerra no Iraque, em que a posição de Barack Obama seria correta. Ela afirmou que Obama representa "um novo líder" neste momento e pediu pelo comprometimento dos democratas no Congresso.  

Tudo o que sabemos sobre:
Barack Obamaeleições nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.