Palin questiona decisão de McCain de desistir de Michigan

Republicano decidiu abandonar o estado por causa da sólida vantagem de seu rival democrata

Efe,

04 de outubro de 2008 | 04h38

A candidata republicana à Vice-Presidência dos Estados Unidos, Sarah Palin, questionou nesta sexta-feira, 3, a decisão de seu companheiro de chapa, John McCain, de desistir da vitória no estado de Michigan, um dos principais das eleições de novembro. McCain decidiu abandonar o estado, considerado um dos mais importantes no pleito de 4 de novembro, por causa da sólida vantagem de seu rival democrata, Barack Obama, segundo uma informação que vazou na quinta-feira na imprensa local. A governadora do Alasca disse nesta sexta-feira em uma entrevista à emissora de TV Fox News que ficou sabendo da notícia pelos jornais, indicando que sua campanha não a informou da decisão. "Li a notícia esta manhã e enviei rapidamente uma mensagem questionando a decisão", explicou Palin. A governadora reconheceu que a campanha republicana está atrasada em Michigan, mas afirmou que "quer voltar ao estado e tentar a vitória".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.