Para o serviço secreto, 'Renegado' substitui 'Pioneiro' nos EUA

Escolta tem codinome dos Obama: Michelle será Renaissance; Sasha e Malia serão Rosebud e Radiance

Associated Press,

14 de novembro de 2008 | 07h43

Trailblazer (Pioneiro) e Tempo (Ritmo) estão cedendo o lugar para Renegade (Renegado) e a Renaissance (Renascença). Sim, há uma transição presidencial até para os codinomes usados pelo serviço secreto - aliás, pouco secretos na crônica política de Washington.   Veja também: Jornal traz os 50 fatos curiosos sobre Barack Obama  Obama cogita nomear Hillary secretária de Estado Principais desafios de Obama Nomes cotados para o gabinete de Obama Quem são os eleitores de Obama   Trajetória de Obama  Cobertura completa das eleições nos EUA   Barack Obama - o Renegade (Renegado) - foi quem escolheu o codinome a ser usado pelos guarda-costas quando sussurram naqueles microfones embutidos na manga do paletó. Mas teve de optar entre vários nomes que começavam com "R". E, mantendo a tradição, o codinome dos membros da família tem de começar com a mesma letra. A futura primeira-dama, Michelle, será a Renaissance; as filhas Sasha e Malia serão Rosebud (Botão de Rosa) e Radiance (Resplendor), respectivamente.   O presidente George W. Bush e sua mulher, Laura, podem manter sua identidade alternativa, Trailblazer e Tempo. E vão continuar tendo direito à proteção do serviço secreto. Criado em 1865 para caçar malfeitores, o serviço secreto ficou encarregado, em 1913, também da proteção do presidente, embora sua sede tenha continuado no Departamento do Tesouro até 2003 - quando foi transferida para o Departamento de Segurança Interna.   A lista de codinomes do serviço secreto é elaborada pelo serviço de Comunicações da Casa Branca, um braço do Exército. A escolha dos nomes é feita de maneira a ser facilmente pronunciados e compreendidos em transmissões por rádio. A filha mais velha de Al Gore, Karenna, tinha 19 anos quando ele se tornou vice-presidente, em 1993. Em 1997, ela escreveu: "Há quatro anos, eu me encolho no banco traseiro sempre que sou identificada como 'Smurfette'."   Na verdade, a idéia de codinome hoje é um tanto equivocada. "Não há nada de altamente secreto nele", disse o porta-voz do Serviço, Eric Zahren. "Não tem mais nada a ver com segurança operacional", apenas com a tradição e a facilidade na comunicação por rádio. Gerald Ford, por exemplo, era conhecido como "Passkey"(Chave-Mestra). Ronald Reagan, que sempre cultivou a imagem do cowboy era "Rawhide" (Couro Cru). Jimmy Carter, diácono e professor da escola dominical, era Deacon (Diácono). O próximo vice-presidente Joe Biden, que tem raízes irlandesas, é "Celtic" (Celta).

Tudo o que sabemos sobre:
eleições nos EUABarack Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.