Frank Becerra Jr./The Journal News/AP
Frank Becerra Jr./The Journal News/AP

Pequeno incêndio é controlado em casa da família Clinton perto de Nova York

Eles não estavam na mansão no momento do incidente; ela foi adquirida em 1999 por US$ 1,7 milhão

EFE

04 Janeiro 2018 | 00h25

NOVA YORK  - O complexo residencial onde vivem o ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, e sua esposa, a ex-secretária de Estado Hillary Clinton, nos arredores de Nova York, sofreu nesta quarta-feira, 03, um pequeno incêndio que já foi controlado pelos bombeiros, informaram veículos de imprensa locais.

Os bombeiros tiveram que comparecer à residência dos Clinton, situada na cidade de Chappaqua, que fica uma hora ao norte da cidade de Nova York, para apagar um pequeno incêndio que começou em um edifício separado do principal, que é destinado aos integrantes do Serviço Secreto.

O diretor de comunicações de Hillary Clinton, Nick Merrill, disse que ela não estava na residência no momento e que o seu marido também não estava presente.

+++ Em cartas a sucessores, Clinton e Bush destacaram ‘honra’ de presidir os EUA

A residência, que conta com cinco quartos e quatro banheiros, foi adquirida em 1999 pelo casal, quando Bill Clinton ainda era presidente dos Estados Unidos, por US$ 1,7 milhão.

Situada numa pequena cidade de 11.200 habitantes, a cerca de 40 quilômetros de Manhattan, a mansão dos Clinton tem quase 500 metros quadros de área construída, em um terreno com árvores e plantas de 0,4 hectares. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.