Pesquisa mostra que 82% nos EUA aprovam Obama na transição

A menos de um mês para assumir, presidente eleito supera Clinton e Bush em popularidade no mesmo período

Agências internacionais,

24 de dezembro de 2008 | 15h42

Barack Obama alcançou um dos maiores índices de aprovação de um presidente eleito em décadas nos Estados Unidos, mostra uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira, 24, pela rede CNN, enquanto o novo comandante-em-chefe descansa no Havaí. A menos de um mês para assumir a Presidência, 82% dos americanos aprovam sua gestão durante o período de transição.   Veja também: Obama espalha cinzas da avó no mar do Havaí O gabinete do presidente eleito Cobertura completa das eleições nos EUA   A popularidade de Obama é maior que a do atual presidente George W. Bush, quando, depois das disputadas eleições de 2000, alcançou 65% de aprovação. Em 1992, no mesmo período a gestão de Bill Clinton era aprovada por 67% dos americanos.   A pesquisa foi realizada entre sexta-feira e domingo, no final do período em que o presidente eleito havia terminado a formação de seu gabinete, realizando coletivas de imprensa quase todos os dias, em meio ao aprofundamento da crise econômica.   "Barack Obama está tendo a maior lua-de-mel com a opinião americana que nenhum presidente eleito teve nas últimas três décadas", afirmou o diretor de pesquisas da CNN Keating Holland. "Ele está conseguindo cifras melhores, que em geral têm dois dígitos, que Bill Clinton, Ronald Reagen e qualquer George Bush."   Barack Obama assume o cargo em 20 de janeiro. A expectativa é que o eleito bata de longe o recorde de público em posses presidenciais nos EUA, de Lyndon Johnson em 1965, com 1,2 milhão de pessoas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.