Pesquisa mostra recuperação de McCain em Estados importantes

Barack Obama lidera na Pensilvânia e empata com rival em Ohio; republicano tem vantagem na Flórida

Agência Estado e Dow Jones,

26 de agosto de 2008 | 10h53

O candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, lidera as intenções de voto no Estado da Pensilvânia, mas está praticamente empatado com John McCain em Ohio e está atrás do republicano na Flórida, revela uma nova sondagem realizada nesses três importantes Estados americanos pela Universidade Quinnipiac. Os novos números refletem a recente recuperação de McCain nas pesquisas nacionais.   Veja também: Hillary tenta unificar democratas nesta terça-feira Michelle Obama reforça valores do marido Ted Kennedy faz aparição triunfante na convenção Imagens da Convenção Democrata Obama x McCain Conheça a trajetória dos candidatos Cobertura completa das eleições nos EUA    Dois meses atrás, Obama liderava as intenções de voto nos três Estados, considerados tradicionais campos de batalha pelo voto entre democratas e republicanos. A Pensilvânia, essencial para Obama no caso de McCain vencer em Ohio e Flórida, é o Estado natal de Joe Biden, senador por Delaware e escolhido por Obama para ser seu companheiro de chapa nas eleições presidenciais de novembro.   Obama lidera por 49% a 42% na Pensilvânia, exatamente os mesmos números de julho. Mas McCain tem vantagem de 47% a 43 na Flórida. Em Ohio, a dianteira de Obama é mínima: 44% a 43%.   Ohio ilustra a divisão da opinião de homens e mulheres. Enquanto Obama bate McCain por 51% a 37% na preferência do público feminino no Estado, o republicano vence o democrata por 50% a 37% entre os eleitores do sexo masculino.   McCain também mantém a preferência dos eleitores brancos, aparecendo com 49% a 38% em Ohio e 55% a 35% na Flórida. O desequilíbrio é menor na Pensilvânia, mas McCain também aparece à frente: 47% a 43%. Ao mesmo tempo, a vantagem de Obama entre os eleitores jovens é significativa nos três Estados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.