Sarah Palin é prima da princesa Diana, diz site de genealogia

Ancestry.com afirma que vice de McCain ainda é parente em 9.º grau do ex-presidente Roosevelt

Reuters,

08 de outubro de 2008 | 12h18

     Foto: AP  Foto: Reuters/ arquivo  NOVA YORK - A candidata republicana à vice-presidência dos Estados Unidos, Sarah Palin, tem um parentesco distante com a princesa Diana e com o ex-presidente norte-americano Franklin Delano Roosevelt, disseram especialistas em genealogia nesta quarta-feira, 8. A governadora do Alasca é prima de 10.º grau da princesa e prima de 9.º grau de ex-presidente americano Franklin Delano Roosevelt, disse o Ancestry.com, site de genealogistas baseados em Provo, Utah.   Veja também: Obama reforça candidatura no 2º debate presidencial Obama e McCain são cobrados sobre crise no 2º debate Pesquisas apontam Obama como vencedor do debate Galeria de fotos do debate  Obama x McCain  Entenda o processo eleitoral   Cobertura completa das eleições nos EUA   As conexões genealógicas de Palin não são as primeiras a chamar a atenção na campanha eleitoral norte-americana. No ano passado, Lynne Cheney disse ter descoberto, ao pesquisar sobre as origens de sua família, que seu marido, o vice-presidente Dick Chenney, é primo distante do candidato democrata, Barack Obama. Outros pesquisadores colocaram Obama como primo distante do ator Brad Pitt.   "Quando você tem candidatos com raízes profundas na América, há uma boa chance deles terem alguns primos famosos", disse Megan Smolenyak, historiadora da família do site. "Todos temos, literalmente, milhões de primos. O desafio é encontrar aquela pequena ligação que resulta em algo como Sarah Palin ser parente de Roosevelt ou Diana", disse.   Palin e a princesa descendem de John Strong e sua esposa Abigail Ford, segundo o ancestry.com. Strong nasceu por volta de 1605, na Inglaterra, e emigrou para os Estados Unidos, onde morreu em Massachussetts, em 1699, segundo o site. Palin e Roosevelt têm como ancestral John Lothrop, nascido na Inglaterra em 1584 e morto nos Estados Unidos, para onde se mudou, em 1653. De acordo com as histórias familiares e locais, Lothrop era um pastor presbiteriano puritano que chegou à colônia em Massachusetts em 1654, segundo o site, que diz ter acesso a 7 bilhões de registros online

Tudo o que sabemos sobre:
eleições nos EUASarah Palin

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.