'Saturday Night Live' com Palin tem maior audiência em 14 anos

Vice de McCain ficou cara a cara com sua imitadora Tina Fey; programa foi visto por 14 mi de espectadores

Efe,

20 de outubro de 2008 | 21h09

O programa de comédia "Saturday Night Live" registrou este fim de semana a maior audiência dos últimos 14 anos graças à aparição da candidata republicana à vice-presidência dos Estados Unidos, Sarah Palin, e sua imitadora Tina Fey. Segundo os dados provisórios divulgados nesta segunda-feira, 20, pela empresa de medição de ibope Nielsen, mais de 14 milhões de espectadores viram o último programa do "Saturday Night Live." Veja também:Obama faz campanha na Flórida; McCain investe no MissouriConfira os números das pesquisas nos Estados Obama x McCain Entenda o processo eleitoral  Cobertura completa das eleições nos EUA Durante a primeira meia hora, quando Palin apareceu em cena, mais de 17 milhões de pessoas estavam ligadas ao televisor. A governadora do Alasca e sua sósia Fey se cruzaram por segundos durante o programa, quando Palin, criticada por não aparecer muito na imprensa, subiu ao palanque no qual estava a comediante em uma falsa conferência de imprensa. Durante a parte inicial do show, as câmeras focaram Palin vendo sua imitadora através de uma tela de televisão. A governadora, que não deu nenhuma entrevista coletiva, deixou claro, após substituir Fey no pódio, que não responderia a nenhuma pergunta, mas insistiu em que queria aproveitar a oportunidade para dizer: "Ao vivo de Nova York, é o 'Saturday Night Live'." Fey estreou no papel em setembro, pouco depois que o candidato republicano à Casa Branca, John McCain, escolheu Palin como sua companheira de chapa. A humorista inaugurou a nova temporada do "Saturday Night Live", da rede de televisão "NBC", com um vídeo de cinco minutos no qual apareceu com a sósia da senadora democrata Hillary Clinton e que causou sensação na internet. A humorista, que tem uma grande semelhança física com Palin, captura os detalhes mais característicos da governadora, desde um gesto de boca muito particular, até seu inconfundível coque, seus tailleurs fechados, seus óculos japoneses e seus comentários. 

Tudo o que sabemos sobre:
Sarah Palineleições nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.