Superterça atrai multidão e cria confusão nos EUA

Maratona de prévias despertou grande interesse nos eleitores, que enfrentaram neve e até tornados para votar

New York Times,

06 de fevereiro de 2008 | 10h32

As prévias de terça-feira, 5, pela nomeação presidencial dos partidos Republicano e Democrata nos EUA despertaram grande interesse nos eleitores dos 24 estados e criaram algumas confusões. Na Flórida, a população se empolgou tanto com a votação da Superterça que muitas pessoas tentaram votar novamente. As eleições primárias da Flórida foram realizadas no dia 29 de janeiro e tiveram como vencedores Hillary Clinton, pelos democratas, e John MacCain, pelos republicanos.   Veja também:  McCain dispara após vitórias na 'Superterça'  Definição segue caminhos divergentes  Corrida eleitoral deve seguir por semanas  Veja as imagens da Superterça      Especial eleições americanas   Cobertura completa das eleições nos EUA     Pelo menos quatro condados de Tennessee tiveram que encerrar a votação mais cedo devido a tornados e ao mal tempo. Para compensar, outros postos de votação ficaram abertos até mais tarde para acomodar os eleitores que desejavam depositar seu voto.   Em Nova Jersey, oficiais receberam cerca de 200 ligações de eleitores confusos. Muitos deles estavam frustrados por não poderem trocar de partidos nas primárias. No Novo México, as eleições foram marcadas pela falta de cédulas e longas filas. Na cidade de Rio Rancho, pelo menos mil pessoas ainda aguardavam na fila quando as votações foram encerradas.   Os eleitores também enfrentaram longas filas em Minnesota, Illinois, Georgia e Kansas. Os norte-americanos ainda sofreram com a neve no Kansas e as baixas temperaturas no Alasca.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições EUAHillaryObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.