Foto: Escritório do Xerife do Condado de Douglas/EFE
Foto: Escritório do Xerife do Condado de Douglas/EFE

Tiroteio nos EUA deixa policial morto e outras 6 pessoas feridas

Zackari Parrish, de 29 anos, morreu enquanto atendia uma ocorrência em Highlands Ranch, Colorado

EFE

31 Dezembro 2017 | 22h20

WASHINGTON - Um policial morreu e outras seis pessoas - entre elas, quatro agentes da corporação - ficaram feridas neste domingo, 31, em um tiroteio em uma cidade nos arredores de Denver, no Colorado, no oeste dos Estados Unidos, no qual o suspeito também morreu atingido por disparos.

O tiroteio aconteceu na madrugada, quando vários agentes do escritório do xerife do condado de Douglas, que fica ao sul de Denver, se dirigiram a um edifício de apartamentos na cidade de Highlands Ranch para responder a uma denúncia de disputa doméstica.

"Durante a intervenção policial, houve disparos e vários agentes ficaram feridos", afirmou o escritório do xerife em um tweet.

Pouco depois, o escritório concretizou que foram cinco os agentes atingidos por disparos do suspeito, e confirmou a morte de um deles, identificado como Zackari Parrish, de 29 anos.

+++ Vídeos mostram pânico de quem acompanhava show durante ataque a tiros em Las Vegas

"Dois civis também foram baleados. O suspeito recebeu disparos e, acredita-se que esteja morto e que não representa mais uma ameaça", indicou a autoridade local em outro tweet.

O xerife do condado de Douglas, Tony Spurlock, disse em uma entrevista coletiva que o suspeito usou um rifle e atirou pelo menos 100 vezes contra os agentes.

"Ele sabia que estávamos a caminho", afirmou Spurlock, que sugeriu que o sujeito poderia ter planejado uma emboscada contra os policiais.

O estado dos agentes que sobreviveram ao tiroteio é estável e espera-se que eles se recuperem, assim como os dois civis feridos, segundo o xerife. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.