Nicholas Kamm / AFP
Nicholas Kamm / AFP

Trump diz que migrantes que pedirem asilo irão aguardar o processo em barracas

O presidente norte-americano também disse que aqueles que tentarem entrar nos EUA sem ser por meio do processo legal estarão 'perdendo seu tempo'

O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2018 | 04h09

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou, em entrevista à emissora de televisão Fox News, na noite de segunda-feira, 29, que está planejando a criação de cidades de tendas para os participantes da caravana de migrantes que pedirem asilo ao País. A caravana atravessa o México com destino à fronteira americana.

"Nós não vamos construir estruturas e gastar centenas de milhares de dólares. Vamos construir boas barracas, onde eles vão esperar. E se eles não conseguirem asilo, eles vão sair." O protocolo atual diz que os migrantes que realizam uma triagem inicial para conseguir asilo são liberados até que seus casos sejam julgados nas cortes de imigração, o que pode demorar muitos anos.

Trump também disse que aqueles que tentarem entrar nos EUA sem ser por meio do processo legal estarão "perdendo seu tempo". "Eles não vão entrar." O republicano ainda voltou a dizer que há pessoas más e membros de gangues na caravana.

Mais cedo, Trump enviou 5.200 tropas para a fronteira com o México. Na entrevista, ele repetiu que os militares estão se dirigindo ao local. Segundo o presidente, os migrantes capturados não serão liberados. "Quando eles forem capturados, não vamos deixá-los sair", disse. "Se não tivermos fronteiras fortes, não temos um país", completou.

Na entrevista, o presidente dos EUA ainda acusou seu antecessor, Barack Obama, de separar crianças de seus pais, medida pela qual o republicano foi criticado este ano. /Associated Press

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.