Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

TV e comitê de campanha dão liderança a Obama na Superterça

Projeções impedem que pré-candidatos democratas cantem vitória; disputa continua no Texas e Pennsylvania

Agências internacionais,

06 de fevereiro de 2008 | 17h14

O Partido Democrata americano amanheceu dividido nesta quarta-feira, 6, após a divulgação dos primeiros resultados das prévias de 22 estado realizadas na noite anterior, na chamada Superterça.   Obama e Hillary praticamente empatados  McCain dispara após vitória na 'Superterça'  Definição segue caminhos divergentes  Corrida eleitoral deve seguir por semanas  Superterça atrai multidão e cria confusão    Veja as imagens da Superterça   Especial eleições americanas   Cobertura completa das eleições nos EUA     Os senadores e pré-candidatos Hillary Clinton e Barack Obama aparecem praticamente empatados no número de delegados conquistados após a disputa, embora Obama tenha ganhado em 13 estados, enquanto Hillary conquistou oito. A nomeação deve se prolongar até as próximas semanas, durante as prévias de estados como Texas, Ohio e Pennsylvania. Os delegados são os representantes dos eleitores na escolha do candidato do partido durante a convenção nacional, no segundo semestre.   Apesar das previsões iniciais terem dado uma vitória parcial para Hillary na Superterça, estimativas divulgadas tanto pela campanha de Obama como pela rede de TV americana NBC indicam que o senador pelo Estado de Illinois pode estar com uma ligeira liderança no número total de delegados somadas as prévias anteriores à Superterça, mesmo tendo Hillary conquistado os estados mais populosos na disputa de terça-feira.   Na projeção apresentada pelos assessores de Obama, o senador pelo Estado de Illinois teria conquistado 845 delegados, contra 836 de Hillary no resultado da Superterça. No total de delegados somadas as prévias anteriores, Obama lideraria com 908 contra 884 de Hillary. Já segundo o levantamento da NBC, Obama teria conquistado entre 840 e 849 delegados na superterça, enquanto Hillary apareceria com entre 838 e 829.   O resultado mostra uma tendência diferente das projeções divulgadas pela agência de notícias Associated Press, que dava a Hillary 584 delegados na Superterça, premiando a senadora por Nova York com 845 delegados no total. Já Obama teria conquistado 569 delegados nesta terça, somando 765 no resultado geral. Para que um candidato seja indicado, ele precisa de 2.025 delegados na convenção nacional.   Opinião pública   Na manhã desta quarta-feira, as campanhas de ambos os candidatos se concentravam em moldar as percepções do público sobre os resultados de terça.   Ainda assim, tanto Hillary, que discursou em Manhattan, quanto Obama, que falou em Chicago, foram cautelosos em suas afirmações após o resultado. Ambos pareciam apreensivos diante da perspectiva de que terão de continuar uma disputa acirrada por votos e por financiamento.   Os resultados e pesquisas de boca-de-urna mostram dois candidatos extremamente fortes, com Obama ganhando apelo entre os eleitores brancos e Hillary se consolidando entre os hispânicos.   "Hoje estamos ouvindo a voz das pessoas de todos os EUA - pessoas de todas as idades, de todas as cores, de todas as fés", disse Hillary às 23 horas de terça-feira, em Manhattan.   Na manhã desta quarta-feira, em Chicago, foi a vez de Obama descrever sua candidatura como "menos desfavorável agora do que há duas semanas".   "Eu acho que a atitude básica do campo de Hillary foi se preparar para dar um nocaute no dia 5", disse ele, referindo-se à Superterça. "E não apenas os levamos a um empate, como conseguimos mais delegados e mais estados. Isso significa que estamos em uma compatição dura e que há muito mais rounds para lutar."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.