Reprodução/ Twitter/ cicnypd
Reprodução/ Twitter/ cicnypd

Uma pessoa morre e ao menos 14 ficam feridas em tiroteio em boate nos EUA

Incidente ocorreu em Cincinnati, no estado de Ohio

O Estado de S.Paulo

26 de março de 2017 | 06h11

CINCINNATI - Uma pessoa morreu e pelo menos 14 ficaram feridas em um tiroteio em uma boate em Cincinnati, no estado americano de Ohio, de acordo com a polícia local. Os disparos ocorreram no Cameo Night Club no começo da madrugada deste domingo, 26. 

Em entrevista à emissora de TV local WLWT-TV, afiliada da CNN, o assistente policial Paul Neudigate afirmou que várias vítimas apresentavam ferimentos graves. "Estamos no meio de uma situação horrível que aconteceu em uma boate com diversas vítimas. Será uma longa noite para nossas unidades de homicídios."

Neudigate descreveu o local como "uma cena caótica" e declarou que as autoridades procuram por testemunhas que estavam no estabelecimento no momento do ataque. "Muitas pessoas fugiram, infelizmente. Muitas testemunhas deixaram o local, mas iremos ouvir qualquer pessoa que possamos identificar." 

Em sua conta no Twitter, Neudigate publicou que há "apenas um atirador reportado, mas continuamos investigando se há outros envolvidos". 

 


À emissoa americana CNN, a capitã Kimberly Williams declarou que as autoridades estão "seguras que havia mais de um, mas até agora não sabmeos se foram mais de dois".

"Aos sábados, o público das festas é muito jovem. Já tivemos incidentes aqui antes, mas este, de longe, é o pior", relatou Kimberly ao jornal USA Today

Também à CNN, o sargento Eriz Franz informou que diversas vítimas estão sendo submetidas a cirurgias em hospitais da região. Segundo o sargento, quatro policiais de folga estavam trabalhando como seguranças no estacionamento da boate e dois deles, que estavam na entrada do local, ouviram os disparos. 

Ainda não há informações sobre o responsável ou as causas que levaram a esse incidente. /COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
NOVA YORK

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.