Efe
Efe

140 mil pessoas apoiam iniciativa de jornal contra Berlusconi

Entre ossinantes da campanha pela liberdade de imprensa, destacam-se Umberto Eco e Roberto Saviano

Efe,

31 de agosto de 2009 | 18h18

Mais de 140 mil pessoas já assinaram uma iniciativa a favor da liberdade de imprensa, junto ao jornal La Repubblica, processado por "difamação" pelo primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, de acordo com o site do periódico.

 

Veja também:

link Berlusconi processa mídia local e estrangeira

link Mulher de Berlusconi diz que ele é 'ridículo diante do mundo'

 

Entre os assinantes destacam-se os escritores Umberto Eco e Roberto Saviano, o cantor Adriano Celentano, além dos cineastas Bernardo Bertolucci e Roberto Benigni.

 

A iniciativa de apoio ao jornal foi lançada pelos advogados Franco Cordero, Stefano Rodotà e Gustavo Zagrebelsky.

 

O ataque ao La Repubblica "é interpretado como uma tentação de reduzir a liberdade de imprensa ao silêncio, de anestesiar a opinião pública, de isolar a informação da circulação internacional e, definitivamente, de fazer de nosso país uma exceção da democracia", aponta o jornal.

 

O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, processou o jornal, no dia 24 de agosto, por "difamação", por divulgar artigos sobre sua vida privada.

 

Segundo o jornal, Berlusconi pede um ressarcimento de um milhão de euros ao grupo L'Espresso, proprietário do La Repubblica, que, há dois meses, publica periodicamente dez perguntas sobre a vida privada de Berlusconi.

 

As perguntas do La Repubblica abordam a relação do primeiro-ministro com a jovem Noemi Letizia, de 18 anos, e a cujo aniversário participou em Nápoles, o que desencadeou o pedido de divórcio de sua mulher, Veronica Lario.

 

Os advogados de Berlusconi também anunciaram ações contra a imprensa do Reino Unido, Espanha e França, por artigos considerados difamatórios.

Tudo o que sabemos sobre:
Silvio BerlusconiItáliaLa Repubblica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.