Muscio Sylvain/EFE
Muscio Sylvain/EFE

15 mil carros ficam bloqueados nos Alpes franceses pela neve

Milhares de pessoas são obrigadas a passar a noite em escolas e ginásios na França e na Suíça

Jamil Chade, O Estado de S.Paulo

28 de dezembro de 2014 | 11h49

GENEBRA - A neve deixa milhares de pessoas bloqueadas nos Alpes, enquanto prefeituras na França e Suíça são obrigadas a montar refúgios de emergência para atender aos turistas. 


Nos Alpes franceses, a neve que caiu desde sexta-feira, 26, deixou bloqueado mais de 15 mil carros. Grande parte deles se dirigiam às estações de esqui para passar a semana de Ano Novo. Só conseguia percorrer as estradas os carros com correntes nos pneus e, mesmo assim, centenas deles tiveram sérios problemas. Nos postos de gasolina, correntes e equipamentos de neve rapidamente se esgotaram e, diante do caos nas estradas, o governo foi obrigado a montar um plano de emergência. 


Famílias inteiras passaram a noite de sábado para domingo em seus carros, enquanto outros conseguiram ser atendidos em centros de emergência em cidades como Albertville. Outras 15 cidades ainda colocaram suas escolas e ginásios à disposição dos turistas. 


Em certas estradas que conseguiam limpar a neve, os motoristas levaram cerca de 10 horas para percorrer 130 quilômetros, principalmente entre Lyon e as estações nos Alpes. 


O ministro do Interior da França, Bernard Cazeneuve, elogiou o trabalho das prefeituras. Mas, nas rádios locais, as autoridades apelavam à população para que abandonassem a ideia de sair de férias, pelo menos até segunda-feira. 


A reportagem percorreu uma das estradas mais afetadas - a A43 - no domingo e constatou que todos os postos de gasolina estavam saturados e hotéis na região lotados. Apesar da neve, a circulação começava a voltar ao normal. 


O número de acidentes também se multiplicou, deixando o serviço de atendimento das regiões afetadas sem sequer ter como responder aos apelos de socorro. 


Naufrágios. O fim de semana tem sido marcado por diversos acidentes pela Europa. Na costa da Grécia, um ferry italiano pegou fogo e forças de diversos países tem se mobilizado para salvar quase 500 pessoas à bordo. 


Já na costa da Itália, um navio de carga turco naufragou por conta de uma tempestade. Três pessoas estão desaparecidas.

Mais conteúdo sobre:
FrançaAlpesNeve

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.