Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Acordo nuclear entre EUA e Rússia pode ser assinado em Praga

Pacto seria firmado perto do aniversário de um ano do discurso de Obama sobre o assunto

Reuters

24 de março de 2010 | 10h21

PRAGA - Os EUA e a Rússia deverão assinar o novo acordo de redução de armas nucleares em Praga, na República Checa, informaram nesta quarta-feira, 24, fontes dos governos checo e americano.

 

"Ainda estamos negociando os pontos finais do novo acordo, mas já falamos com nosso aliados checos e com os russos sobre assinar o pacto em Praga quando tudo estiver pronto", disse uma fonte de Washington que pediu para não ser identificada. Na segunda-feira, autoridades russas disseram que o documento pode ser finalizado em poucos dias.

 

A consolidação do acordo poderia ocorrer perto do aniversário de um ano do discurso de Barack Obama sobre a redução do arsenal nuclear. O presidente americano apresentou sua visão sobre o assunto no último dia 5 de abril, na própria capital checa. Segundo a fonte americana, Praga "é o lugar onde ele sempre quis assinar o tratado".

 

O acordo substituirá o Tratado de Redução de Armas Estratégias (Start, na sigla em inglês) de 1991, cujo prazo expirou em dezembro de 2009. Desde então, Rússia e EUA têm discutido os termos de um novo pacto para diminuir o número de ogivas nucleares que cada nação pode manter sob seu comando militar.

 

Filip Kanda, porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da República Checa, disse que o país recebeu o pedido para sediar a consolidação do acordo, mas negou que tudo esteja estabelecido. "Discutimos o assunto com os EUA recebemos o pedido. Mas não sabemos se outro país está envolvido. Também não sabemos de datas" disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.